Templo Estrela do Oriente - Casa da Cabocla Jurema da Praia
Untitled Document
Olá queridos Flávia e Luis Fernando! Gostaria de saber como fazer uma meditação diaria e como ter a respiração adequada na hora dos trabalhos. Sinto muitas vibrações com Xangô, Caboclo, Preto Velho e seu Zé Pelintra, só que sinto que não tenho firmeza o suficiente para segurar essas entidades. Eu estou sempre estudando tudo que posso a respeito da Umbanda e dos Orixás para ter mais conhecimento. Abraços e fiquem com Deus.
Sonia Maria Dias - RJ

Prezada irmã Sonia,
A meditação diária pode ser feita por 15 minutos apenas, às 06:00 horas da manhã, 18:00 horas ou em outro horário que haja tranquilidade em sua casa. Existem algumas técnicas, tais como, respiração lenta e profunda, ver-se envolto em 03 aros de fogo (O 1º NA ALTURA DA TESTA, O 2º NA ALTURA DO UMBIGO E O 3º NA ALTURA DOS JOELHOS), além de ficar na posição de lótus. Nesta caso, a irmã primeiramente se isolará, posteriormente subirá na vibração, para em seguida contemplar o ponto de fixação, que poderá ser uma cruz, um vulto ou até um habitat da natureza. Por outro lado, gostaríamos de lembrar que sem uma reforma interior, a meditação não terá efeito prático.

Fique com Deus.

Sou há muito anos da umbanda, mas com anos depois que minha vó faleceu parei de frequentar. Agora voltei de novo e gostaria de saber qual é o simbolo da Cabocla Jurema. Obrigado
Tatiane Zangrande - SP

Prezada irmã Tatiane,
Quando se refere a símbolo, acreditamos que esteja mencionando o ponto riscado. Se assim o é, responderíamos que a Cabocla Jurema é uma das grandes entidades da falange das Caboclas de Umbanda, mas que tem vários desdobramentos em suas mais diversas denominações. Desta forma, poderíamos ter diversas Caboclas com o nome Jurema e também com diversos pontos riscados.

Fique com Deus.

Boa noite,tenho uma dúvida. Faz 15 anos que sou da corrente, me desenvolvo mas até agora não sinto nem vibração das minhas entidades, as vezes chegam espiritos revoltados, irmãos que vivem com raiva e ódio. Só isso, queria trabalhar com meus guias, será que tenho mediunidade?
Vera Lucia - RS

Prezada irmã Vera,
É muito difícil opinar sem ver a irmã, sem sentir suas vibrações e intenções. Porém, poderíamos adiantar que lhe falta doutrinação, pois, se a possuímos, jamais atrairemos espíritos de baixa faixa vibratória. Nós poderíamos acrescentar ainda, que lhe falta uma mudança no seu padrão energético, que incluiria uma mudança de hábitos, palavras e pensamentos, o que aceleraria seu processo de reforma interior. Além disto, a meditação diária, fator fundamental para quem deseja sintonizar-se com as boas falanges da pátria espiritual. Lembre-se das palavras do Mestre Chico Xavier quando dizia: "...Tal médium, tal entidade..." Se um dia vier ao Rio de Janeiro e precisar de maiores esclarecimentos, estaremos à sua disposição no TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE.

Fique com Deus.

como saber a que vibração de orixá pertençe uma pessoa se na Umbanda não tem jogo de búzios?
Patricia Bezerra

Prezada irmã Patricia,
De acordo com nossa visão doutrinária, existem três formas de se conhecer e/ou confirmar os orixás de coroa: Através da numerologia (MAPAS ASTRAIS), do ciclo lunar, dos búzios e das entidades incorporadas. No caso específico do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, somente a CABOCLA JUREMA DA PRAIA, nossa entidade dirigente, tem a permissão para fazê-lo, exclusivamente para os irmãos que desejarem ingressar no quadro de médiuns da instituição e nos dias das respectivas ritualísticas. Em relação ao jogo de búzios, já tivemos a grata satisfação de vermos entidades de Umbanda jogando búzios, dentro do princípio da caridade, o que não permite que falemos pela Umbanda.

Fique com Deus.

Venho de uma familia Umbandista e o centro está fechado. Fui em alguns lugares e possuo santos de herança, assim como os meus irmãos. Gostaria de saber quais e como devo tratá-los sem que tenha que fazer o santo?
Viviane Pereira

Prezada irmã Viviane,
Quando a irmã se refere a "Santos de herança", entendemos que esteja se referindo ao seu guia, protetores e entidades desenvolvedoras, que formam o seu campo magnético. Se assim o for, entendemos que a "Pátria Espiritual" lhe permitiu alguns dons mediúnicos, para que os mesmos contribuíssem no resgate mais rápido de suas faltas cometidas em outras passagens por este plano. Sendo assim, dentro do princípio que nos norteia, que é o da "fé raciocinada", não compreendemos como a irmã poderia "agradar os seus Santos", sem o efetivo e divino trabalho da caridade espiritual, aos carentes do corpo e da alma.

Fique com Deus.

A falange de malandros na umbanda é liderada por Zé Pilintra ou não? Se é, ele vem sempre a frente de dos outros? gostaria de saber mais sobre eles, sabe algum livro que eu possa ler? obs: O site ta show!
Marcio David

Prezado irmão Marcio,
De acordo com a nossa visão doutrinária, a grande entidade Zé Pilintra é uma imensa luz, que realmente " vem na frente", isto é, "chefia" a falange dos Malandros, porém oriunda da falange dos Exus de Umbanda. Em relação ao livro, sugeriríamos a obra "Malandro Divino", cujo autor é Zeca Ligieiro da Editora Nova.

Fique com Deus.

Olá, Gostaria de saber "como eu sei que devo ser da umbanda". Numa consulta um caboclo me falou que eu tinha de entrar para a umbanda, que meu lugar era na umbanda. Entrei, mas no desenvolvimento as entidades ainda não se manifestaram. O que fazer? Obrigada, e adorei o site.
Julia Ferreira

Prezada irmã Julia,
O início da caminhada de cada médium, independentemente de suas particularidades, invariavelmente, é muito difícil, pois se observam dúvidas, ansiedades, além de uma série de sintomas, que mesmo sendo efetivamente positivos e normais, causam sempre desconfortos. Serão necessários uma série de fatores, tais como: uma reforma íntima, o estudo da doutrina Umbandista e espiritualista, uma correta orientação por parte de seus dirigentes, uma meditação diária, que lhe fará ter um bom poder de concentração, uma respiração adequada, pois a vibração ao penetrar no organismo, logicamente provoca uma aceleração total, aumentando a pulsação, o batimento cardíaco, havendo, em alguns casos, uma hipertensão arterial, causando praticamente um "choque vibratório". Ao começar a se desenvolver, o médium logicamente é novo dentro dos trabalhos, não estando preparado para receber uma dosagem máxima de energia. Ele sente no organismo os efeitos e é preciso, com o tempo, ir dominando o sistema nervoso, o seu psiquismo, criando um controle de suas condições, pois o início é sempre muito difícil.

Fique com Deus.

A casa Templo Estrela do Oriente trabalha com povo cigano, gostaria fazer uma consulta porque tenho muitas dúvidas em relação a religião.
Cecilia

Prezada irmã Cecilia,
Ainda não temos permissão de nossas entidades dirigentes para iniciarmos uma gira específica de Ciganos, o que não inviabiliza sua presença em nosso terreiro através de um fenômeno denominado "desdobramento de vibração". Neste caso, independentemente da “vibração de comando” da coroa do médium ser outra, poderão se apresentar inúmeras falanges, as quais realizarão trabalhos de acordo com as necessidades de cada consulente, de forma absolutamente simples, sutil e inperceptível aos olhos dos assistidos.Estaremos à disposição para esclarecermos eventuais dúvidas.

Fique com Deus.

Bom dia, fui a vários lugares para cuidar da parte espiritual devido a muitos problemas de todo tipo; Muita coisa foi dita e nada resolvido. Uma entidade me disse que eu deveria procurar com urgência me cuidar, pois a causa de tantos problemas sérios é que o ODU negativo está mais forte que o positivo. O que devo fazer, por favor me oriente. Não aceito matança de animais.
Valéria Rocha Mauller

Prezada irmã Valéria,
Odú é o caminho, a existência do destino, sobre o qual “todos os seres” estão inseridos. É o que os Taoístas chamam de “Tao”. Quando encarnamos somos regidos por um odú, que representa nosso "destino", assim como nosso caminho, que já vem traçado, isto é, determinado. Porém, dentro de nossa visão e pela misericórdia divina, nossos destinos podem ser mudados, desde que nos conscientizemos de nossa realidade espiritual e, a partir daí, haja uma reordenação de pensamentos, sentimentos e ações seja vista em sua vida. Para tanto, caso deseje, recomendamos que nos procure no TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, numa segunda feira, a partir de 18:00 horas, quando numa consulta gratuita com nossas entidades, a irmã receberá todas as orientações de que necessitar, para superar mais esse momento adverso, com muita calma. Em relação ao que a irmã menciona como “matança”, diríamos que não realizamos “cortes” em nossa casa. Mas, por conhecermos seus respectivos fundamentos, temos um profundo respeito por tudo que representam dentro de uma espiritualidade.

Fique com Deus.

Primeiramente gostaria de parabenizar pelo exelente trabalho que realizam neste site. Tem me ajudado a retirar duvidas e ampliado meus conhecimentos. Gostaria de saber sobre a Cigana Lola da Romenia e a Cabocla Yara. É muito dificil achar informaçoes sobre ela. Obrigada!
Thais Mesquita Muros

Prezada irmã Thais,
Inicialmente, gostaríamos de agradecer-lhe pelas palavras de carinho em relação ao nosso site. Sobre a Cigana que menciona, sinceramente, nunca ouvi falar. Por outro lado, penso que se buscar uma sintonia numa linda campina, numa bela noite de luar, certamente será estabelecido um contato, através do qual chegarão todas as informações de que necessita. Apesar de achar que "tudo vem no tempo certo" e não é correto "abreviarmos o futuro". Sobre a Cabocla Yara, "via de regra", trata-se de uma Cabocla da Oxum. Mencionei "via de regra", pois a vibração originária pode variar de acordo com inúmeros fatores, que só podem ser verificados através dos respectivos pontos riscados.

Fique com Deus.

Sendo a gagueira um distúrbio somente fonético, o médium que é gago,quando incorparado continua gago? Tenho esta dúvida porque conheço os dois casos. Um caboclo gago e outro não.
Luis Eduardo

Prezado irmão Luis Eduardo,
Existem duas questões que merecem ser abordadas para elucidarmos uma pergunta tão interessante: Entendemos que cerca de 95% (noventa e cinco por cento) ou até mais dos médiuns, atuam numa forma que denominamos como trabalho na vibração, isto é, o médium sabe com quem fala, o que faz, mas apenas recebe em seu mental as intuições do astral superior. Neste caso particular, a entidade utiliza-se do “aparelho fonético” do médium, o que se traduzirá na continuidade da gagueira durante os atendimentos. Por outro lado, quando se encontra um médium que trabalhe no que denominamos como incorporação total, isto é, o médium não sabe o que faz ou com que fala, ficando como um espectador de si próprio. Neste caso, mesmo sendo absolutamente raro, observamos um perfeito pronunciamento das palavras, sem que haja qualquer manifestação que atrapalhe a pronúncia das palavras.

Fique com Deus.

Bom dia, desejo saber como se procede os cultos de Zé Pilintra no Catimbó da Jurema e aonde posso me interar melhor nesse assunto?
Gustavo Maurício P. Vieira

Prezado irmão Gustavo,
Temos uma visão diferente em relação à grande entidade Zé Pilintra, que para nós trata-se de uma imensa luz oriunda da falange dos Exus de Umbanda. Por outro lado, não podemos negar que realmente existe, em algumas cidades do Nordeste Brasileiro, o culto à diversas entidades no Catimbó de Jurema. O Catimbó é um conjunto de práticas religiosas brasileiras, oriundas de raiz indígena e com diversos elementos do cristianismo, entre outras filosofias e/ou religiões e, dependendo do lugar onde é praticado, influências africanas também notáveis. O Catimbó baseia-se no culto em torno da planta Jurema. Muitos praticantes minimizam a origem indígena e a influência africana, devido ao preconceito que essas culturas sofrem por parte de algumas mentalidades; por este motivo, entre outros, tais praticantes sustentam que o Catimbó é somente calcado no cristianismo, o que é um equívoco absoluto. A influência afro-ameríndia é notada em qualquer reunião de Catimbó no país. Existem vários sites na internet que certamente o orientarão.

Fique com Deus.

Uma entidade me disse que as coisas boas são cortadas da minha vida porque o odu negativo é maior que o positivo. Coisas muito sérias têm acontecido o que devo fazer para me equilibrar. Grata. Valéria
Valéria Rocha Mauller

Prezada irmã Valéria,
Para que você possa se reequilibrar, sugeriríamos uma retomada de objetivos superiores, que incluem mudanças nos padrões morais e religiosos, tais como visitas aos ambientes da natureza, para uma harmonização das vibrações interiores, a leitura do evangelho segundo o espiritismo, uma reforma interior, estar sempre vigilante em relação aos pensamentos, atos e palavras, entre outras providências.

Fique com Deus.

Boa Tarde! Conheci o site de vcs atraves da internet e acho ele muito bom. Gostaria de saber sobre a Cabocla Jurema, pois tenho ela. A que Orixá ela pertece? Eu só não sei se ela é da praia. A minha chega, vem no ponto que fala sobre São Jorge e São Sebastião , no momento não me lembro dele todo, se vcs puderem me ajudar eu agradeço, só para entender melhor, meus Orixás de cabeça são Oxum e Ogum. Obrigada. Axé.
Andrea Vieira Fernandes

Prezada irmã Andrea,
Em relação ao seu pedido, provavelmente a irmã deseja conhecer a "vibração orginária" da entidade que trabalha, o que só é possível através do ponto riscado da mesma.

Fique com Deus.

Olá,...Quando nasci eu quase morri, por isso meu avô que era baiano do Catimbó(na época)me iniciou, inclusive com uma incisão na cabeça, mas não segui. Aos pouco os próprios Guias me conduziram de volta ao culto dos Orixás. E voltei por extremo Amor. Hoje estou na Umbanda, em desenvolvimento. Ocorre que me vejo às voltas com duas linhas se intercalando. Uma mais ocidental, da iniciação. A outra é a minha original, que é toda do Oriente. Por exemplo: Minha Mãe é Iansã. Vem uma do Cemitério e outra do Tempo, e seguindo isso, 2 Caboclos, 2 Exus, 2 Pomba-Giras,etc... A pergunta: Devo desenvolver as duas Linhas? Que Oxalá nos cubra de Bençãos!
Vilma S. Luiz

Prezada irmã Vilma,
Nesse momento em que se encontra, recomendamos que estude o quanto puder e desenvolva, se assim o desejar, as linhas que você diz perceber. Porém, é importante lembrar, que tudo o que se refere à espiritualidade chegue com naturalidade, sem que se perca a autenticidade. Fique com Deus.

Fique com Deus.

Existe estado de inconsciência durante a incorporação? Se existe, quando acontece?
Vera Lucia

Prezada irmã Vera,
Sim, existe. Porém, é muito raro observarmos essa forma de incorporação. Quando há uma sintonia integral, o espírito encamisa o médium na sua totalidade, tendo um domínio completo sobre seu aparelho, cujo transe só é possível, graças aos efeitos do magnetismo sonambúlico, não tendo o médium a menor condição de interferência. Ele não participa de coisa alguma, ficando inclusive insensível a dor. Neste caso, é como se o médium desaparecesse e outra pessoa tomasse conta do seu ser, atuando completamente. É importante lembrar, que nesta forma de incorporação, o médium não se lembra de nada do que aconteceu.

Fique com Deus.

De quem o Caboclo Girassol é enviado?
Luis Carlos Amaro Fernandes

Olá irmão,
O Caboclo Girassol é uma entidade que tem como vibração originária o Orixá Oxoce.

Fique com Deus.

Gostaria de saber como são as sessões com o Povo do Oriente, no TEO?
Maico Vinhaes

Prezado irmão Maico

Nas sessões do Povo do Oriente são realizadas irradiações, passes magnéticos, além de firmezas com ervas, cristais, pedras, entre outras formas de magnetismo. Sempre ministrados por Mestres que, incorporados ou não, trabalham pela saúde do nosso corpo físico e também espiritual. A giras se realizam todo primeiro sábado de cada mês, às 18:00 horas, na sede exclusiva do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE.

Fique com Deus.

Eu posso dar um charuto e um copo com cachaça a um Exu, na encruzilhada, sem correr o risco de ser seguida por outros espíritos?
Ilma

Prezada irmã Ilma

Um copo com cachaça e um charuto, obviamente você pode ofertar. Porém, garantir-lhe de que não correria riscos de ser seguida por espíritos, sejam eles quais forem, seria muito difícil, pois isso vai da individualidade de cada um, entre outros fatores. De qualquer forma, você sempre atrairá as vibrações que melhor se "sintonizar".

Fique com Deus

Trabalho com a Mãe Jurema daPedreira. Gostaria de saber por quem ela é enviada? Tupinambá ou Oxossi? E a Mãe Jurema da Mata Virgem? Por que é enviada?
Carmem Antunes

Prezada irmã Carmem

As duas entidades são enviadas pelo "Astral Superior" para prestarem a caridade neste plano. Por outro lado, pensamos que a irmã esteja desejando saber qual a vibração originária das referidas Caboclas, o que só será possível, dentro de nossa visão doutrinária, nos respectivos pontos riscados.

Fique com Deus.

Olá irmãos,eu gostaria de saber porque Iansã recebe suas oferendas nos bambuzais? O bambuzal é um ponto de força de Iansã? Que Oxalá os protejam!!!
Rodrigo

Prezado irmão Rodrigo

Os Orixás têm suas energias dispostas nos seus respectivos habitats, razão pela qual nossa Umbanda é denominada como uma religião da natureza. No caso específico de Iansã, suas vibrações são sentidas com mais intensidade junto aos bambuzais.

Fique com Deus.