Boas Práticas

Para Assistência:

Clique em cima da imagem

 

Para Médiuns:

CÓDIGO DE CONDUTA MORAL, ESPIRITUAL E FÍSICA

 

ART 1º – Ao chegar no Templo, saudar a porteira e, se não for utilizar a Cantina, trocar a roupa, DIRIGIR-SE AO TERREIRO, REALIZAR AS SAUDAÇÕES DETERMINADAS PELOS DIRIGENTES, SEMPRE EM ABSOLUTO SILÊNCIO E CONCENTRAÇÃO, BUSCANDO UMA SINTONIA COM O MUNDO ASTRAL.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: LEMBRE-SE QUE DENTRO DAS DEPENDÊNCIAS DO TEMPLO, MAIS DO QUE EM QUALQUER OUTRO LOCAL, DEVEREMOS TER UMA CONDUTA IRREPREENSÍVEL, EVITANDO AGITAÇÕES E CONVERSAS DESNECESSÁRIAS, MANTENDO UM BOM RELACIONAMENTO COM SEUS IRMÃOS DE FÉ, DIGNIFICANDO DESTA FORMA A FUNÇÃO QUE EXERCEMOS.

ART 2º – Procure instruir-se em assuntos espirituais elevados, lendo livros indicados pela Direção do Templo, bem como assistindo palestras neste sentido, PARA SUA PRÓPRIA EVOLUÇÃO COMO MÉDIUM E SER HUMANO. JÁ DIZIA CHICO XAVIER: “…TAL ENTIDADE, TAL APARELHO…” .

ART 3º – Conservar sua saúde psíquica, vigiando constantemente o aspecto moral. A PRINCIPAL FERRAMENTA PARA A NOSSA MODIFICAÇÃO INTERIOR É O “EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”, POIS NESTA OBRA ENCONTRAM-SE OS ENSINAMENTOS DO MESTRE JESUS, POR OCASIÃO DE SUA PASSAGEM POR ESTE PLANETA.

ART 4º – NUNCA julgar que seu protetor ou sua entidade é MELHOR que os de seus irmãos, JÁ QUE NO ASTRAL SUPERIOR este tipo de comparação NÃO EXISTE, POIS cada vibração têm a sua importância DENTRO DO CONTEXTO ESPIRITUAL.

art 5º – Não viva querendo impor seus dons mediúnicos, contando com insistência os feitos de seus guias ou protetores. Lembre-se de que você é “apenas” um aparelho, além do mais Transitório e podendo ser testado por outrem, fazendo com que toda VAIDADE possa ruir fragorosamente.

ART 6º – NOS DIAS DESTINADOS ÀS SESSÕES, UM GRANDE CAMPO VIBRATÓRIO COMEÇA A SE FORMAR DESDE CEDO, FECHANDO UM CÍRCULO SOBRE O LOCAL DA SESSÃO E TAMBÉM SOBRE TODOS AQUELES QUE DIRETA OU INDIRETAMENTE PARTICIPARÃO DA CORRENTE MEDIÚNICA. DESTA FORMA, Quando for para a GIRA, não vá aborrecido e quando chegar lá, Recolha-se À  pensamentos de paz, fé e caridade pura para com o próximo.

ART 7º – Lembre-se de que sendo você um médium considerado “pronto”, “FEITO” ou em desenvolvimento, é IMPORTANTE tomar banhos de descargas, defesas ou específicos, ANTES E DEPOIS DAS SESSÕES, sempre DE ACORDO COM AS ORIENTAÇÕES DO(S) DIRIGENTE(S) DO TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE.

ART 8º – Não use guias de qualquer natureza sem AUTORIZAÇÃO e orientação EXPRESSA DA DIREÇÃO DO TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, POIS AS MESMAS SÓ DEVEM SER UTILIZADAS NO TERREIRO, POR OCASIÃO DA SESSÃO. LEMBRE-SE DE QUE AS GUIAS SÃO DE USO INDIVIDUAL, NÃO PODEM E NÃO DEVEM SER TOCADAS POR OUTROS, POIS ATRAEM TODOS OS TIPOS DE VIBRAÇÕES, RAZÕES PELAS QUAIS A NECESSIDADE DE SEREM MANIPULADAS COM O DEVIDO CRITÉRIO.

ART 9º – Não tenha pressa em saber o nome do seu guia ou protetor antes que O MESMO julgue necessário, POIS MAIS IMPORTANTE DO QUE A denominação É SUA VIBRAÇÃO. POR OUTRO LADO, não tente reproduzir qualquer ponto riscado que O tenha impressionado, JÁ QUE O MESMO PERDERIA SUA AUTENTICIDADE.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: SUA REFORMA INTERIOR E A DEDICAÇÃO NO APRENDIZADO DA DOUTRINA UMBANDISTA, SERÃO AS FERRAMENTAS QUE PODERÃO ABREVIAR A CHEGADA DAS VIBRAÇÕES AO SEU REDOR.

ART 10º – PROCURE EVITAR A convivência com pessoas DE MÁ ÍNDOLE OU LUGARES DE BAIXA VIBRAÇÃO ESPIRITUAL, POIS COMO MÉDIUM VOCÊ SE TORNA UM PONTO DE ATRAÇÃO DE ENERGIAS, PODENDO OCASIONAR-LHE UM DESEQUILÍBRIO ENERGÉTICO, COM INÚMERAS CONSEQUÊNCIAS. LEMBRE-SE DE QUE “Tolerar a ignorância não é compartilhar dela”.

ART 11º – Acostume-se a fazer todo o bem que puder, sem visar recompensas MATERIAIS, POIS OS VERDADEIROS TESOUROS ENCONTRAM-SE NO PLANO SUPERIOR.

ART 12º – Tenha ânimo forte POR OCASIÃO de qualquer prova ou sofrimento. Aprenda a esperar e A confiar NA JUSTIÇA DIVINA.

ART 13º – Não tema À ninguém, pois o medo PODE SER prova de que você está em débito com sua consciência. Lembre-se de que nada, nem ninguém são maiores do que o seu deus.

Art 14º – Lembre-se sempre de que todos nós erramos, pois o erro é da condição humana e, portanto, ligado à dor, à sofrimentos variados e, conseqüentemente, ás lições e suas experiências. Sem dor, sofrimento, lições e experiências não há Karma, nem evolução. O importante é que não se repitam os EQUÍVOCOS.

art 15º – Zele por sua saúde física, evitando o fumo e tendo uma alimentação racional e equilibrada. Lembre-se de que “somos aquilo que comemos”.

art 16º – Nos dias de sessões, evite a carne vermelha, a ingestão de álcool e os contatos ou relações sexuais, mantendo-se limpo de corpo e espírito, EVITANDO DESTA FORMA UMA QUEDA NO SEU CAMPO VIBRATÓRIO.

ART 17º – Tenha sempre em mente que para qualquer pessoa, especialmente o MÉDIUM, os bons espíritos somente assistem com precisão, se verificarem uma boa dose de humildade ou simplicidade no coração. A vaidade, o orgulho e o egoísmo fazem com que nos afastemos da espiritualidade e NOS ATRAEM OS MAIS VARIADOS PROBLEMAS.

art 18º – Aprenda lentamente a orar confiando em Jesus, o Regente do planeta Terra. Cumpra as ordens e os conselhos de seu Guia ou Protetor, Pois Ele é seu grande amigo e somente trabalha para a sua felicidade.

ART 19º – PROCURE DECORAR E CANTAR OS PONTOS UTILIZADOS DURANTE AS SESSÕES, POIS ESTE PROCEDIMENTO É FUNDAMENTAL PARA A HARMONIA E O BOM ANDAMENTO DOS TRABALHOS MEDIÚNICOS.

ART 20º – PROCURE ESTAR SEMPRE EM SINTONIA, ATENTO AO DESENROLAR DOS TRABALHOS, AUXILIANDO SEMPRE NO QUE FOR NECESSÁRIO, PROCURANDO ESTUDAR E COMPREENDER OS RITUAIS.

ART 21º – PROCURE CHEGAR AO TEMPLO COM A ANTECEDÊNCIA NECESSÁRIA, SEJA SEMPRE PONTUAL E NÃO FALTE SEM UMA RAZÃO QUE SE JUSTIFIQUE, POIS SEUS GUIAS E PROTETORES O AGUARDARÃO NO LOCAL DOS TRABALHOS PARA O AUXÍLIO AOS NECESSITADOS.

ART 22º – É INDISPENSÁVEL A OBEDIÊNCIA E A DISCIPLINA ÀS REGRAS ESTABELECIDAS NA INSTITUIÇÃO, ASSIM COMO O RESPEITO A TODOS IRMÃOS QUE FAZEM PARTE DA HIERARQUIA DA “CASA DA CABOCLA JUREMA DA PRAIA”.

 

“…o que mantém a saúde da força de um chão, o axé de uma terra, é o respeito entre os membros da casa, quando estes se vêem como uma família…”

Preto Velho Pai José

(Frase escrita pelo irmão Etiene Sales na lista Saravá Umbanda)

 

 

 

Flávia Barros e Luis Fernando Barros

Dirigentes Espirituais

Back to Top